Por que trabalho com Oncologia?

Posted: Novembro 2, 2013 in oncologia
Tags: , , ,

Essa é uma das perguntas que mais ouço.

Nunca consegui explicar muito bem então vou tentar escrever o que são minhas respostas. Digam-me depois se deu para entender…

Um dos motivos que ouço de outros colegas é que em algum momento tiveram um parente com câncer e, com sua morte ou sofrimento, veio a vontade de combater a doença, da melhor maneira possível. A escolha pela oncologia seria algo coerente e justificado nesta situação. Minha avó materna morreu de câncer, mas tenho poucas recordações dela. Não conseguiria dizer que é por causa disso…

Outro motivo pelo qual alguns escolhem a área é o financeiro. Hoje a medicina como um todo é cada vez mais desvalorizada, mas especialidades muito específicas, como a oncologia, ainda tem um mercado interessante.

Pensando como nicho de trabalho, não há como discutir que o envelhecimento da população, por exemplo, é um indicador de um progressivo aumento das doenças crônicas, como o câncer. Na minha opinião, esse é o motivo mais triste de todos que possam levar a decisão de abraçar a profissão.

Por ser uma atuação emocionalmente muito impactante (tanto para o paciente quanto para o profissional) ,basear-se puramente em questões financeiras é um fator crítico para o surgimento de profissionais desgostosos, frios e pouco humanos. Oncologia precisa de pessoas com o perfil e motivação certa, e dinheiro por si só não é motivo suficiente.

É nessa questão do perfil que eu começo a achar os MEUS motivos.  O oncologista precisa ter a cabeça no lugar sem ser muito passional. Tem que entender o sofrimento do outro, exercitar a empatia ao mesmo tempo não sofrer junto, ou pelo menos na mesma intensidade, a dor do paciente e sua família. Tem que conseguir passar o dia em contato com muitas histórias pesadas e chegar em casa feliz, pronto para encontrar a família, passear com o cachorro, fazer coisas normais. 

Obviamente, todo mundo tem seus dias horrorosos. Somos afetados pelo que nos cerca, e às vezes, mesmo para nós que estamos “habituados”, alguma coisa passa por nossas defesas. Quem não consegue elaborar isso de maneira adequada pode ter grandes impactos em sua qualidade de vida, e as vezes até das pessoas à sua volta.

Consigo fazer isso tudo? A melhor resposta que tenho é “boa parte do tempo.” Tem gente que sabe fazer isso melhor que eu, outros muito menos. Não sei se isso é treino, convivência ou formação, mas fato é que (como todas as profissões) sempre existirão as pessoas que tem vocação para a área e as que não tem.

Por ultimo… Lembro-me da minha entrevista para a residência de oncologia em Porto Alegre. Meu antigo professor questionou os meus motivos, e sem pensar muito respondi algo mais ou menos assim:

O paciente oncológico revela o que há de melhor nas pessoas. É nele que você vê a maior coragem, a maior determinação, a maior honestidade. Não existe enganação, não existe dissimulação, mesmo que se tente. As emoções, boas e ruins, estão à mostra, e cada pequena vitória é motivo de comemorar.

Agora, com meus poucos 6 anos de atuação, talvez possa dizer mais – A oncologia mostra que às vezes, mesmo perdendo um paciente, você pode vencer. Fico extremamente feliz quando dou alta para uma pessoa, mas fico realmente emocionado quando uma família, ainda de luto pela perda de um ente querido, agradece por eu ter feito o meu melhor, como médico e ser humano. Isso não tem preço.

Comentários
  1. Mayumi diz:

    Olá, gostei muito do site e das postagens. Decidi fazer medicina e já me inscrevi em um cursinho pré vestibular, estou empolgada e vou me esforçar muito pra passar em uma pública pois não tenho condições de fazer uma particular.
    Gostaria de saber, após os 6 anos de faculdade e você faz especialização em oncologia e a residencia é durante os 6 anos ? É difícil arranjar emprego nessa área?
    Estou começando a me apaixonar por oncologia. Acho uma linda profissão e ela se tornou meu sonho.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s